Take a fresh look at your lifestyle.

Grupo protesta contra corte de verba em instituições federais em Salvador

Estudantes, sindicatos e associações protestaram contra os cortes nas universidades federais na manhã desta segunda-feira, 6, no Vale do Canela, em Salvador. O ato começou na Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e seguiu em caminhada até a reitoria da instituição. O protestou terminou com todos cantando o Hino do Estado da Bahia.

Integrantes do Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino do Estado da Bahia (Apub), do Diretório Central dos Estudantes da Ufba (DCE/Ufba) e Sindicato dos Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação das Universidades Públicas Federais no Estado da Bahia (Assufba) participaram do ato.

O reitor da Ufba, João Carlos Salles, esteve no local para prestar esclarecimentos sobre os dados dos cortes e a situação da universidade.

“Do dinheiro de investimento, recurso que fazemos obras e compramos equipamentos, temos bloqueado do sistema R$ 6.203.047. Já em custeio, parte fundamental da manutenção da universidade, temos hoje um bloqueio de R$ 49.703.394. Isso, é claro, se mantido, inviabiliza o funcionamento da universidade”, explica o reitor da Ufba.

O protesto teve como objetivo ser um espaço de defesa da Ufba, das demais universidades e da educação pública brasileira após o corte de 30% da verba das universidades federais anunciado pelo ministro da educação Abraham Weintraub.

De acordo com João Carlos, o bloqueio da verba precisa ser revertido, caso contrário da Universidade Federal da Bahia não conseguirá manter o funcionamento.

“Universidade é um patrimônio de todos nós e temos que arregaçar as mangas para defendê-la”, finaliza João Carlos Salles.

Fonte:ATarde

Compartilhe:
Comentários
carregando...
WhatsApp chat Whatsapp da TV Liberdade