Take a fresh look at your lifestyle.

Feira de Santana: técnicos analisam causas da morte de peixes no Rio Jacuípe

Segundo o site Acorda Cidade, a prefeitura do município recomendou a suspensão do consumo e venda dos peixes vindos do rio enquanto as causas das mortes não são esclarecidas

A morte de peixes em alguns trechos do Rio Jacuípe, em Feira de Santana, no centro-norte do estado, despertou a preocupação de moradores e pescadores. Segundo o portal Acorda Cidade, técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) estiveram na Fazenda Mergulho, no distrito de Ipuaçu, e fizeram verificações na água do rio, na sexta (8).

De acordo com a professora Hilda Talma, da UFRB, o índice de oxigênio dissolvido na água estava dentro do estabelecido pela legislação, mas a equipe de pesquisadores também irá medir a temperatura da água e coletar amostras para análises de outros parâmetros. “A temperatura estava de 27 graus e está de acordo com a legislação. Mas é preciso uma investigação mais criteriosa. Vimos muitos peixes mortos e vamos investigar o motivo”, afirmou.

O chefe de educação ambiental da prefeitura, João Dias, afirmou que o material coletado no Rio Jacuípe será enviado para análises do Laboratório Central da Bahia (Lacen), e o resultado da averiguação será divulgado para a população assim que for obtido. Enquanto o caso é investigado, ele recomendou que os pescadores não vendam os peixes e que a população também não faça o consumo. “Vamos ver quais são os fatores da morte dos peixes. Se são referentes a poluição química, orgânica, ou se é poluição por parte de metais pesados. Verificamos a morte de crustáceos e peixes como tilápia e tucunaré”, concluiu.

Fonte:Metro1

Compartilhe:
Comentários
carregando...
WhatsApp Whatsapp da TV Liberdade